27 de jul de 2015

verbo sentir.

É tarde fria de pôr-do-sol
É chocolate quente em fim de tarde
É o pijama largo favorito
É brisa fresca depois de chuva de verão. 

Sent(ir). 

É gosto do teu beijo na minha boca
É teu cheiro pela casa, no travesseiro
É curva suave entre teus dedos no meu cabelo
É tua pele céu cheia de estrelinhas 
É risada gostosa ouvida entre troca de segredos
É nossa primeira troca de olhares em fim tarde fria de pôr-do-sol. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário